O que estou a ler: Os alimentos também curam

O que estou a ler: Os alimentos também curam

Comemora-se hoje o Dia do Livro Português por isso gostaria de homenagear todos os autor@s Portugueses e agradecer-lhes pelo trabalho que fazem em transmitir-nos a sua sabedoria através deste veiculo incrível que são os livros.

A minha leitura de hoje (que é um livro de cabeceira) é do Francisco Varatojo, Pai da Macrobiótica em Portugal, um senhor que tive o prazer de ter como professor no Instituto Macrobiótico de Portugal, que já não se encontra entre nós mas que é relembrado diariamente pelo enorme legado que deixou a toda a comunidade Macrobiótica.

De entre muitos livros do autor, este para mim tem um carinho especial pois está autografado pelo punho do Francisco (numa linda dedicatória que guardo só para mim), mas é sobretudo um livro de consulta sobre como determinados alimentos podem curar diferentes patologias.

Dividido em várias seções e pelos diferentes aparelhos do ser humano, digestivo, circulatório, linfático, etc… tem ainda no final uma seção de receitas e outras de remédios caseiros tal úteis nos dias que estamos a atravessar.

Frase sublinhada:

“À partida, a Natureza fornece, na altura certa, aquilo de que as diferentes espécies necessitam para a sua sobrevivência. Alterá-lo será como <<baralhar>> o nosso organismo, o que pode causar uma quebra na nossa imunidade natural.”

Sinopse:

“Com mais de 50 receitas macrobióticas e 40 remédios caseiros, este é um guia essencial que nos explica que a cura pode estar ao alcance de um simples alimento. Para nos alimentarmos, perdemo-nos nas prateleiras dos supermercados, entre embalagens coloridas e slogans tentadores. Quantas vezes, para nos curarmos de um pequeno problema de saúde, não corremos para o médico ou para o hospital, ávidos de uma resposta rápida? A alimentação e o estilo de vida são os nossos remédios primários e mais preventivos. A Natureza e, particularmente, os alimentos que nos são fornecidos por ela são a nossa farmácia essencial: – A couve-lombarda na sopa, assim como o aumento do consumo de vegetais redondos, são ótimos para debelar as dores de estômago. – O uso regular de arroz integral pode ser um precioso auxiliar no tratamento da diabetes. – Se for asmático, evite o consumo excessivo de líquidos; – Os vegetais verdes de rama, cozinhados ao vapor, ou o chá de cenoura com rábano são poderosos aliados no tratamento da pneumonia. – No caso das crianças, o sumo de maçã morno pode ajudar a combater a febre, enquanto o chá de feijão azuki é importante, por exemplo, para tratar as otites. Estes são alguns dos ensinamentos de Francisco Varatojo, diretor do Instituto Macrobiótico Português e autor de Mente Sã, Corpo São, nosa apresenta neste livro essencial que nos leva por uma viagem pelo nosso corpo, redescobrindo os órgãos que dele fazem parte e as suas funções, e que nos permite perceber que a cura pode estar ao alcance de todos, se dedicarmos algum do nosso tempo a conhecermo-nos bem por dentro e a compreender o poder de alimentos fundamentais para termos uma vida com mais qualidade.”

Subscreve a minha Newsletter

Não percas as últimas novidades de dicas e receitas de cozinha

Concordo em dar as minhas informações pessoais em MailChimp ( mais informações )

O teu email está 100% seguro, nunca será divulgado ou vendido. Podes cancelar a tua subscrição em qualquer momento.

2 thoughts on “O que estou a ler: Os alimentos também curam

Deixe uma resposta

O seu endereço de email não será publicado. Campos obrigatórios marcados com *